2023-01-25 18:21:00 Jornal de Madeira

Produção de eletricidade da EDP Renováveis aumentou 10% em 2022

A EDP Renováveis (EDPR) produziu 33,4 terawatts-hora (TWh) de eletricidade em 2022, um aumento de 10% face a 2021, destacando-se a Europa e a América, que representaram 35% e 55%, respetivamente, foi hoje comunicado ao mercado. “A EDPR produziu 33,4 TWh de energia verde em 2022 (+10% vs 2021), com a Europa e América do Norte a representarem 35% e 55% da produção total, respetivamente”, foi hoje comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Em 2022, a produção na Europa aumentou 4%, em comparação com o ano anterior, devido às “adições de capacidade e recurso renovável estável”. Por sua vez, na América do Norte a produção cresceu 8%, reflexo da maior capacidade instalada e do “melhor recurso renovável” verificado nesta região. Já na América do Sul, impactada pela maior capacidade instalada no Brasil, a produção cresceu 39%. No ano passado, a EDPR teve um fator de utilização de 30%, um ponto percentual acima da percentagem totalizada em 2021. A capacidade instalada da empresa progrediu para 14,7 gigawatts (GW), sendo que a Europa e a América do Norte representam 38% e 49% do portfólio, respetivamente. Em 2021, a capacidade instalada da empresa tinha sido de 13,5 GW. A EDPR juntou também, neste período, 2,1 GW de capacidade renovável, impulsionados pela integração de 0,7 GW de ativos solares na APAC e de 0,6 GW na América do Sul. Somam-se ainda 0,4 GW na América do Norte e outros 0,4 GW na Europa, onde se inclui um parque híbrido solar e eólico na Península Ibérica. “Durante 2022, a EDPR assegurou múltiplas transações de rotação de ativos que totalizaram 1,0 GW de capacidade em países como Polónia, Espanha, Itália, Brasil e EUA”, acrescentou. A variação do portfólio foi assim de mais 1,2 GW face a 2021. Só em dezembro de 2022, a capacidade de construção ascendeu a 4,0 GW, “incluindo os primeiros 40 MW [megawatts] de baterias, que promove a diversificação do portfólio”. Na sessão de hoje da bolsa, as ações da EDP recuaram 0,10% para 4,79 euros.

Pesquisa

Partilhe


Email Netmadeira