2021-05-04 20:18:00 Jornal de Madeira

Ativistas reúnem-se com eurodeputados para apelar à partilha de vacinas para a covid-19

Um grupo de ativistas europeu, incluindo o madeirense Rúben Castro, reuniu-se com cerca de duas dezenas de eurodeputados durante a Semana Mundial da Imunização para apelar à partilha de vacinas para a covid-19 dos Estados-membros da UE com os países de baixos rendimentos. Juntamente com outros ativistas da ONE Campaign, o madeirense falou com os eurodeputados Alex Agius Saliba (Malta), Evin Incir (Suécia) e Brando Benifei (Itália) e apelou a uma partilha antecipada das doses excedentárias. Durante a Semana Mundial da Imunização, Rúben Castro teve ainda reunido com Tim Roosen, perito em política de saúde do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Bélgica. “Neste momento, estamos a pedir aos países da UE que comecem a partilhar uma parte do seu aprovisionamento disponível com a COVAX logo que possível, ou depois de terem vacinado pelo menos 20% da sua população, e que publiquem os seus planos para aumentar progressivamente a partilha de doses ao longo de 2021”, disse Rúben Castro. Até agora, menos de 1% das doses administradas globalmente foram para pessoas de países de baixos rendimentos, enquanto que um punhado de países ricos, incluindo países da UE, tem vacinas suficientes para inocular toda a sua população e ainda têm um excedente de mil milhões de doses. Ao partilhar antecipadamente, isso significará que quando “tiverem as doses suficientes para toda a sua população, os países da UE terão já doado todas as suas doses excedentárias à COVAX”, referiu Rúben Castro. “Se quisermos acabar com esta pandemia o mais rapidamente possível, precisamos de levar vacinas a todos os cantos do planeta, porque se não abrandarmos a propagação da covid-19, veremos mais mutações que resistem às vacinas existentes. É por isso que encorajamos os membros do Parlamento Europeu a pressionar os seus líderes para que comecem a partilhar doses excedentárias", explicou o madeirense a residir em Bruxelas. Já Emily Wigens, Directora da UE da ONE Campaign, afirmou que este apelo dos jovens embaixadores aos eurodeputados durante a Semana Mundial da Imunização chega numa altura em que alguns países europeus estão a melhorar as suas taxas de vacinação e outros manifestaram a sua vontade de começar a partilhar doses como a França, Portugal, Espanha e Roménia. Esperamos ver esta ambição aumentar nas próximas semanas, juntamente com o aumento do financiamento para o ACT-Accelerator da OMS”. “Desde que o vírus prospere em qualquer lugar, é uma ameaça para as pessoas em toda a parte", concluiu Emily Wigens.

Pesquisa

Partilhe

Booking.com

Email Netmadeira