2021-09-26 14:57:00 Jornal de Madeira

Olga Fernandes condena atitude do ‘RB1’ e acusa movimento de desconhecimento da lei

Olga Fernandes, candidata do Partido Socialista à Câmara Municipal da Ribeira Brava, condenou, esta tarde, a atitude do movimento ‘Ribeira Brava em Primeiro’, liderado por Ricardo Nascimento. Recorde-se que o candidato denunciou, este domingo, à rádio 88.8 JM/FM algumas das situações que o levaram a ponderar apresentar queixa na CNE. Em causa estaria o facto de a candidata do PS ter estado na mesa de voto, com o delegado à entrada. Em declarações ao JM, Olga Fernandes afirmou que o problema foi, entretanto, sanado, porque o movimento ‘RB1’ tomou conhecimento da lei e se apercebeu de que a presença da candidata junto à mesa de voto não entrava em incumprimento com o que está legislado, uma vez que o delegado se encontrava fora da sala. “As atitudes do movimento RB1 são condenáveis. Chegaram a várias secções de votos e simplesmente queria expulsar os delgados que estavam fora da sala de voto, o que significa que não têm conhecimento de lei”, começou por afirmar. “Consultem a lei antes de tomar estas atitudes, porque eu enquanto candidata posso entrar em qualquer sala de votação para fiscalizar, desde que não esteja em simultâneo o delegado”, disse, lamentando que os eleitores tenham presenciado esta “situação degradante”. Olga Fernandes aponta ainda para uma dualidade de posições, afirmando que os delegados do ‘RB1’ também têm estado à porta de todas as seções. “O que estavam a dizer dos candidatos do Partido Socialista é a mesma coisa que os candidatos do movimento ‘RB1’ estão a fazer em todas as secções. Aos candidatos do movimento ‘RB1’ estão na porta, ajudar as pessoas, e acho bem”, disse.

Eis a chave do Euromilhões desta terça-feira

2021-10-19 20:38:00 Jornal de Madeira

Pesquisa

Partilhe

Booking.com

Email Netmadeira