2020-07-09 19:31:00 Jornal de Madeira

Costa elogia mandato de Centeno e felicita Paschal Donohoe novo presidente do Eurogrupo

O primeiro-ministro, António Costa, saudou "calorosamente" o mandato que hoje terminou do seu ex-ministro das Finanças Mário Centeno na presidência do Eurogrupo e felicitou a eleição para este cargo do irlandês Paschal Donohoe. Saúdo calorosamente Mário Centeno pelo seu trabalho no Eurogrupo. A sua liderança foi essencial à aprovação do pacote do Eurogrupo para responder à crise económica e social", escreveu António Costa na sua conta pessoal na rede social Twiiter. Na sua mensagem, o primeiro-ministro português deu em seguida os parabéns ao novo presidente do Eurogrupo, o irlandês Paschal Donohoe, desejando-lhe "felicidades" para o seu mandato. O irlandês Paschal Donohoe é o novo presidente do Eurogrupo, depois de vencer hoje a eleição para a liderança do fórum de ministros das Finanças da zona euro, anunciou o presidente cessante Mário Centeno. Paschal Donohoe derrotou na segunda volta a espanhola Nadia Calviño - a candidata apoiada por Portugal -, depois de o luxemburguês Pierre Gramegna ter abdicado da corrida ao cargo cumprida a primeira volta. Numa eleição realizada por voto eletrónico e secreto durante uma reunião do Eurogrupo celebrada por videoconferência e dirigida, pela última vez, desde Lisboa, Donohoe, ministro de centro-direita, surpreendeu a favorita Nadia Calviño (socialista), que tinha o apoio declarado dos dois ?pesos pesados' da zona euro, Alemanha e França. Donohoe, 45 anos e ministro desde 2017, tomará oficialmente posse na próxima segunda-feira, para um mandato de dois anos e meio, tornando-se o quarto presidente do fórum de ministros da zona euro, depois do luxemburguês Jean-Claude Juncker, do holandês Jeroen Dijsselbloem e do português Mário Centeno, que no mês passado abdicou de concorrer a um segundo mandato ao abandonar o cargo de ministro das Finanças. O recém-eleito presidente do Eurogrupo participará já na conferência de imprensa por videoconferência que se celebrará de seguida, e que assinalará a despedida de Centeno, no final de uma reunião que assinalou também a estreia europeia do ministro português das Finanças, João Leão. No processo de preparação para a próxima cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia, nos próximos dias 17 e 18, em Bruxelas, António Costa falou hoje por telefone com o seu homólogo da Letónia, Krisjanis Karins. "É urgente um acordo no Conselho Europeu para a recuperação da União Europeia, salvaguardando a política de coesão e promovendo transições climática e digital justas", escreveu o primeiro-ministro português numa alusão à proposta da Comissão Europeia de Quadro Financeiro Plurianual (2021/2027). Na conversa com o líder do executivo da Letónia, António Costa considerou que se verificou uma "partilha de pontos de vista do extremo norte ao extremo sul da União Europeia".

Pesquisa

Partilhe

Booking.com

Email Netmadeira