2022-06-23 09:54:00 Jornal de Madeira

Francisco Franco quer criar museu da Escola Industrial e Comercial

A Escola secundária de Francisco Franco concorreu ao Orçamento Participativo da Região Autónoma da Madeira, cuja fase de votação decorre até 25 de setembro, com o objetivo de criar um museu. O projeto ‘da Francisco Franco’ visa reabilitar a antiga oficina de mecânica e salas anexas para a criação de um espaço museológico alusivo à história da Escola Industrial e Comercial do Funchal, denominada desde 1979 por Escola Secundária de Francisco Franco. Durante décadas, esta instituição preparou e formou homens e mulheres que atualmente são profissionais de reconhecido mérito nas mais diversas áreas. Beneficiando da oportunidade do OPRAM-2021, com este projeto a escola pretende potencializar um espaço de memória (cultural), mas simultaneamente educativo, interventivo, dinâmico e que constituirá uma mais-valia para toda a comunidade. A Escola Secundária de Francisco Franco possui um importante espólio cultural e tecnológico. Este patenteia as numerosas práticas pedagógicas adotadas ao longo de décadas no ensino comercial, industrial (eletricidade, mecânica e construção civil) e artístico contribuindo assim para a história da Educação na Região Autónoma da Madeira. Neste espaço museológico será criada uma área e/ou perímetro “expositivo e cenográfico”, repleto de máquinas, mobiliário, objetos e documentos organizados por proveniências e correlações, que preserve, arquive e mostre às novas gerações o património que testemunha o passado do ensino industrial e comercial na Região, até aqui desconhecido. Urge cuidar, dignificar, preservar e expor publicamente este acervo tão vasto e valioso em termos históricos e identitários, uma vez que constitui uma verdadeira herança cultural da Região. Para votar neste projeto, basta enviar uma SMS gratuita para o número 3301 com a seguinte mensagem: GRM021 [espaço]OPRAM496 [espaço] número de cartão de cidadão/bilhete de identidade.

Pesquisa

Partilhe

Email Netmadeira