2022-05-14 17:14:00 Jornal de Madeira

PS diz que Governo Regional mente aos madeirenses para justificar opções na planificação do PRR

O PS Madeira acusa o Governo Regional de mentir aos madeirenses ao atribuir à República as culpas pelo facto de o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) da Madeira não dispor de verbas para a modernização da frota pesqueira tradicional, conforme hoje noticiado. Sérgio Gonçalves, presidente do PS-M, esclarece que isso acontece por responsabilidade única e exclusiva do Executivo madeirense, que, ao invés de priorizar a canalização de verbas para a área do Mar, decidiu, num total de 561 milhões de euros, não alocar qualquer verba para nenhum projeto neste setor. O líder socialista desmonta, assim, esta que considera ser mais uma mentira descarada do Governo Regional, que, uma vez mais, aponta baterias ao Governo da República para desviar as atenções das opções que tomou e das prioridades que definiu. Sérgio Gonçalves denuncia o logro do Executivo madeirense de que Lisboa só teria introduzido a componente do Mar (C10) na versão final do PRR, sem ter dado atempadamente conta à Região. Como esclarece, desde a fase inicial que, quer a Madeira, quer os Açores tinham conhecimento da existência da componente do Mar. Tanto assim é que, desde o início, a Região Autónoma dos Açores alocou 32 milhões de euros para o desenvolvimento do Cluster do Mar. Na Madeira, as opções foram outras e, mesmo na fase da consulta pública do Plano, sabendo da dotação orçamental que a Região disporia – 561 milhões de euros – o único projeto relacionado com o Mar que o Governo Regional tentou introduzir, sem rever as opções que tinha tomado anteriormente, foi o projeto de 'Robustez do Setor Marítimo-portuário e Segurança Portuária da RAM', na ordem de 172 milhões de euros e que, como veio a público, se materializaria no aumento da Pontinha. Algo que, como frisa Sérgio Gonçalves, nada tem a ver com a renovação da frota pesqueira ou com outros apoios ao setor do Mar. O líder socialista não aceita que o Executivo do PSD/CDS venha agora tentar enganar os pescadores e que continue constantemente a atirar areia para os olhos dos madeirenses para esconder a sua incompetência governativa. Assegura, por isso, que "o PS Madeira não abdicará do seu papel escrutinador, nem deixará de denunciar todas as mentiras que o Governo Regional teima em dizer à população da Madeira e do Porto Santo". O presidente do PS considera que este é apenas mais um exemplo das decisões erradas da governação regional, lembrando a opção do Executivo de canalizar a esmagadora maioria das verbas do PRR para a administração pública, ao invés de alocar um montante para apoio ao tecido empresarial. "Quem fica prejudicado com as más políticas do Governo Regional é a Madeira. Para bem dos madeirenses e porto-santenses, não podemos deixar que estas falácias continuem a passar de forma impune", remata Sérgio Gonçalves.

Pesquisa

Partilhe

Booking.com

Email Netmadeira