2020-07-10 08:38:00 Jornal de Madeira

Segurança Social deixa prescrever 3,9 milhões

A manchete da edição de hoje do JM dá conta de que começou ontem, no Tribunal de Contas, o julgamento da eventual negligência do Instituto de Segurança Social da Madeira, cometido entre 2013 e 2015, durante a vigência de Bernardete Vieira, que terá lesado o erário em 3,9 milhões de euros. A então diretora de serviços explica a prescrição de dívidas com problemas relacionados com o sistema informático. Destaque nesta edição também para o fecho de empresas que está a ‘cortar’ estágios de universitários. A crise provocada pela pandemia deixou alunos da Universidade da Madeira sem estágios. O próximo ano letivo deverá ser presencial, mas há outros cenários previstos. Noutros temas que merecem chamada de primeira página, Luís Calisto reescreve a história desportiva madeirense. O livro ‘Marítimo – A antiguidade é um posto’ é hoje apresentado na Placa Central, a partir das 18 horas. Uma obra que não deixará ninguém indiferente. No parlamento madeirense debateu-se ontem o Estado da Região. Governo e Oposição têm soluções diferentes para o mesmo problema. Saiba ainda que Jocelino Velosa assume a coordenação da EEM no Porto Santo, e descubra a Camacha, terra de cultura e boa gastronomia. Leia mais sobre estes e outros assuntos, na edição desta sexta-feira do seu JM.

Será que se tornou num excêntrico?

2020-08-04 20:35:00 Jornal de Madeira

Covid-19: Madeira tem 7.314 pessoas em vigilância ativa

2020-08-04 18:56:00 Jornal de Madeira

Pesquisa

Partilhe

Booking.com

Email Netmadeira