2023-01-25 20:00:00 Jornal de Madeira

Energia elétrica: Três medidas inteligentes para reduzir custos

A crescente escalada dos preços da eletricidade tem levado muitas pessoas a procurar formas de reduzir o consumo de energia e, consequentemente, os custos. Neste artigo, serão apresentadas medidas simples, mas nem sempre abordadas, para poupar dinheiro e energia elétrica em casa. 1. Alterar a potência contratada consoante as suas necessidades A potência contratada é a quantidade de energia elétrica que contrata com o seu operador da rede de distribuição e é medida em quilowatts (kW). Assim como devemos ter o cuidado de escolher a melhor tarifa de eletricidade e gás, recorrendo a portais como o Eligenio para obter aconselhamento para esse fim, também devemos ser cuidadosos na escolha da potência contratada. A maioria das pessoas tende a contratar uma potência maior do que a realmente necessária, levando a um aumento desnecessário dos custos com a energia elétrica. O que poucos sabem, ou se lembram, é que essa alteração não implica encargos para o cliente. Por isso, pode perfeitamente solicitar esse ajuste conforme as suas necessidades. Por exemplo, se no inverno consome mais eletricidade (utilizando aquecedores, usando mais vezes o fornos, etc.) e nota que o quadro elétrico “dispara”, deverá solicitar o aumento da potência contratada e, chegado o verão, pode pedir a reposição da potência contratada mais baixa. 2. Regulação da temperatura do aquecimento e ar condicionado Outra medida importante é a regulação da temperatura do aquecimento e ar condicionado. É importante manter uma temperatura agradável em casa, mas sem exagerar, pois isso pode representar um gasto desnecessário. A regulação da temperatura deve ser efetuada de forma a garantir o conforto térmico, mas sem desperdícios. No que se refere ao aquecimento, se possível, recorra à utilização de refletores térmicos. Esses acessórios são projetados para refletir a radiação térmica gerada pelo aquecedor de volta para a divisão da casa, aumentando a eficiência do aquecimento e reduzindo o consumo de energia. São simples de instalar e podem ser colocados atrás do aquecedor. 3. Aproveite as vantagens de uma casa inteligente A domótica é um campo em constante evolução que permite controlar e automatizar vários sistemas de uma casa, como iluminação, climatização, segurança, entre outros. Os sistemas de climatização eficientes, sensores de presença para os sistemas de iluminação, persianas eletrónicas e outros dispositivos inteligentes, são exemplos de como a domótica pode melhorar a qualidade de vida e permitir grandes poupanças de energia elétrica. Os sistemas de controlo inteligente são uma das principais vantagens da domótica, pois permitem monitorizar e controlar o consumo de energia elétrica em tempo real. Isso permite otimizar a gestão de iluminação, água quente e equipamentos de climatização. De acordo com estudos, é possível poupar até 50% do consumo elétrico com a utilização de sistemas de controlo inteligente. Além disso, a domótica permite programar e automatizar tarefas simples, como desligar os equipamentos quando não estiverem a ser utilizados. É importante recordar que, além dos óbvios benefícios financeiros, a poupança de energia elétrica também é uma forma de preservar o meio ambiente, contribuindo para a redução das emissões de gases de efeito estufa e para a conservação dos recursos naturais.

Pesquisa

Partilhe


Email Netmadeira