2020-04-22 15:50:00 Jornal de Madeira

Presidente da ACIF defende ajustes nos horários e maior utilização do teletrabalho

Jorge Veiga França lembrou tambem, esta quarta-feira, durante uma conferência promovida pela Abreu Advogados, a situação dos sócio-gerentes. Para o líder da ACIF, não pode haver discriminação no setor privado. Veiga França entende que o futuro laboral passa pela reformulação de horários de trabalho e maior recurso das empresas ao teletrabalho, para evitar a concentração de pessoas e manter o trabalho de contenção à Covid-19.

Pesquisa

Partilhe

Booking.com

Email Netmadeira