Mulher morre após ser esfaqueada em Guimarães. Agressor terá ferido mais três pessoas
Uma mulher morreu na madrugada deste domingo, na sequência de um esfaqueamento ocorrido este sábado em Guimarães.  Segundo apurou o CM, a vítima, uma mulher de 46 anos, residente em Fermentões, não resistiu aos múltiplos ferimentos que apresentava em várias partes do corpo. O alegado homicida, um homem de 52 anos, é suspeito de ter esfaqueado no sábado à noite quatro pessoas em Guimarães, duas das quais ficaram em estado grave. Já foi detido pela PSP, disse hoje à Lusa fonte do Comando Nacional daquela força policial. “O suspeito foi detido pela PSP, que continua as investigações”, disse à Lusa fonte do Comando Nacional, escusando-se a adiantar mais dados sobre a detenção. Quatro pessoas ficaram feridas no sábado à noite em “agressões com uso de arma branca” em Fermentões, no concelho de Guimarães, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Guimarães. De acordo com a mesma fonte, o alerta para “agressões com uso de arma branca na via pública”, na Travessa do Quintal, foi recebido pelas 22:15. No local, os bombeiros encontraram quatro pessoas feridas. Segundo fonte do Comando Nacional da PSP, dois dos feridos estão em estado grave. De acordo com informação disponível no site da Autoridade Nacional de Emergência Proteção Civil (ANEPC), pelas 23:00 de sábado estavam no local 14 operacionais, apoiados por sete veículos. Além dos bombeiros, foram enviados para o local elementos da PSP e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).
Ler mais
Fonte: Jornal de Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...