Há mais utentes a aguardar vaga nos cuidados continuados e tempo de espera aumentou
O regulador da saúde já tinha publicado três estudos (2011, 2013 e 2016) sobre a evolução da RNCCI e o estudo agora conhecido surge na sequência de a ERS ter tido conhecimento de “dificuldades de acesso” à rede e de “eventuais ineficiências na gestão da rede de convencionados em algumas regiões do país”.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...