Marcelo diz que se deve reconsiderar idade da reforma de camionistas de longo curso
“Muitas vezes - tenho esse peso na consciência - de que quando vamos com pressa pensamos: Lá está aquele chato a empatar o trânsito. Como não arranjam maneira de circular a horas em que nós não estamos a circular?’. Percebe-se como é injusto esse juízo. Nada era possível na nossa vida se eles e elas não existissem. Parava o país”, frisou.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...