Profissionais da ASAE exigem consultas de medicina em falta há quatro anos
O Governo anuncia um “aumento do número de trabalhadores” em 2019, “mas relativamente aos inspetores esse número diminui, o que, perante a enorme falta de recursos humanos e a abrangência das matérias que a ASAE fiscaliza, só poderá levar a uma diminuição das mesmas e a um aumento da insegurança dos consumidores portugueses”, alerta o sindicato.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...