Economista acusado de manipular a dívida pública admite processar Estado português
Mais recentemente, em 21 de junho, o Tribunal da Relação confirma a decisão da primeira instância e, em 12 de julho, a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa transitou em julgado, segundo informação da defesa do economista.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like