SESARAM comemora Semana Mundial do Aleitamento Materno
Decorre de 7 a 11 de outubro a Semana Mundial do Aleitamento Materno, e para assinalar a data, a área de Obstetrícia da Consulta Externa do Hospital Dr. Nélio Mendonça promove ao longo da semana diversas atividades de incentivo ao aleitamento materno. No Hospital Dr. Nélio Mendonça, estão a ser dinamizadas diversas sessões teórico-práticas, sessões de esclarecimento, distribuição de folhetos informativos, entre outras atividades, dirigidas às grávidas, recém-mães e seus acompanhantes com o objetivo de informar, esclarecer dúvidas e de apoiar os pais no início de vida dos seus filhos, enfatizando a importância do envolvimento de ambos os progenitores no sucesso do aleitamento materno. Este ano, sob o lema “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação”, tema escolhido pela World Alliance for Breastfeeding Action (WABA), a Semana Mundial do Aleitamento Materno visa promover e alertar os diferentes países para a importância de implementar políticas e condições favoráveis à família que possibilitem a amamentação e que ajudem os pais nesse processo. O sucesso do Aleitamento Materno recomendado pela Organização Mundial de Saúde e UNICEF, no que se refere ao aleitamento materno exclusivo até aos 6 meses e a sua manutenção até aos 2 anos ou mais (quando mutuamente desejado pela mãe e pelo bebé), para ser alcançado requer, necessariamente, o envolvimento de toda a comunidade. Outras estratégias têm demonstrado serem essenciais ao êxito da amamentação como a existência de licenças parentais alargadas, partilhada com os homens, e o apoio à mulher aquando do seu regresso ao trabalho. No entanto, os dados recentes da Organização Mundial de Saúde da Região da Europa, referem que apenas 20% das crianças em Portugal têm amamentação exclusiva nos seis primeiros meses de vida. Assim, as atividades dinamizadas pela equipa de enfermagem da área de obstetrícia da consulta externa do Hospital Dr. Nélio Mendonça ao longo desta semana têm como objetivo promover, proteger e incentivar a prática do aleitamento materno.
Ler mais
Fonte: Jornal de Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...