PDR questiona a mobilidade dos madeirenses
"Um dos graves problemas da Região Autónoma da Madeira é o custo dos transportes aéreos, entre a ilha e o continente europeu", afirmou, em comunicado o presidente regional do PDR, Filipe Rebelo, acrescentando que "o atual modelo de mobilidade, que vigora desde 2015, necessita de ser revisto e alterado". Filipe Rebelo refere que "o Subsídio Social de Mobilidade (SSM), com que o Estado comparticipa as viagens aéreas entre as regiões autónomas e o continente prejudica os Madeirenses que têm que adiantar elevados valores do preço da sua passagem, para só receber este subsídio após a realização da mesma e perante um processo burocrático que não é simples e no qual algumas companhias por vezes complicam". Acusa ainda a TAP de ter "uma estratégia comercial completamente insensível para com a Madeira, usando mesmo as regiões autónomas como forma de obter um subvenção indireta do estado português". "Não se entende a variação de preços que a TAP pratica para com a RAM sendo que em certas alturas os valores chegam a ser superiores a destinos entre Lisboa e Nova Iorque, ou mesmo Dubai, onde as distâncias são muito superiores", acrescenta. O PDR defende que o Governo Regional deveria criar condições para a entrada de uma terceira companhia área na ligação regular Madeira – continente, de modo a alargar a concorrência e "acabar com esta cartelização ou oligopólio existente neste mercado", destaca ainda Filipe Rebelo, relembrando que "a União Europeia têm políticas que condenam este tipo de práticas de monopólio e de oligopólio". "É importante que a União Europeia saiba reconhecer que a distância entre a Região Autónoma da Madeira e o continente europeu cria um encargo com o custo dos transportes aéreos que só agrava a ultraperiferia. A Insularidade e a fraca mobilidade dos madeirenses, cria condicionalismos sociais, culturais, económicos e políticos. Alguns destes condicionalismos podem colocar em causa a unidade política do Estado e a falta de identificação com o país, que fazem parte, ou mesmo com a identidade como europeus", conclui o candidato madeirense do PDR às europeias.
Ler mais
Fonte: Jornal de Madeira

2019-06-26 08:27:08
2019-06-26 06:59:55
2019-06-25 22:00:21
Mostrar mais notícias
Carregando...