MPT desafia junta do Porto Santo a trazer portossantenses à Madeira
O MPT Madeira apelou, em comunicado, ao executivo da Junta de Freguesia do Porto Santo, que "a exemplo do que se faz nas juntas de freguesia do Funchal, que têm levado os funchalenses a título gratuito ou por valores simbólicos em viagens de barco para que as pessoas possam conhecer a Ilha Dourada e também disfrutar de momentos de lazer, a fazer o mesmo, trazendo os portossantenses ao Funchal". O MPT alerta que "devem ser dadas as mesmas oportunidades aos residentes do Porto Santo, e ser-lhes dada uma oportunidade de fazerem uma visita à Ilha da Madeira, que alguns ainda não tiveram o privilégio de conhecer, ou conhecem mas ainda não tiveram a chance de fazerem uma visita guiada pelos principais pontos de atração, sendo que seria um tratamento justo e igual, para os habitantes do Porto Santo, que têm os mesmos direitos dos residentes do Funchal". O partido defende que "não pode haver um tratamento desigual", sendo que "não há madeirenses de primeira e madeirenses de segunda". "Os portossantenses sofrem de dupla insularidade, e estão cada vez mais isolados e abandonados, sendo que as pessoas só se lembram do Porto Santo em agosto e o resto do ano, cai no esquecimento", acrescenta o MPT.  
Ler mais
Fonte: Jornal de Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...