Dificuldades de som encurtam sessão do julgamento de Jardim
Esta foi a quarta sessão deste julgamento, que começou a 21 de Outubro, tendo já sido ouvidos os então representantes do ex-PND Gil Canha, Baltasar Aguiar e Eduardo Welsh, e visualizados os telejornais da época. Os queixosos consideram que os deveres de imparcialidade e de neutralidade não foram respeitados pelo ex-presidente do Governo Regional que, em atos públicos, alegadamente criticava e desconsiderava os candidatos do partido, entretanto extinto.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

2017-04-27 10:10:49
Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like