Protestos na Venezuela pela falta de gasolina, insegurança, apagões e actuação das forças de segurança
Por outro lado, os professores venezuelanos vão iniciar, terça-feira, uma greve de 48 horas, para demandar melhores condições salariais, subsídios e mais atenção às escolas do país.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like