Maduro vê sinais positivos de diálogo mas adverte oposição que “não é ingénuo”
À crise política na Venezuela soma-se uma grave crise económica e social, que já levou mais de 2,3 milhões de pessoas a fugirem do país desde 2015, de acordo com dados das Nações Unidas.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...