Trump desmente que EUA estejam a tentar um diálogo com o Irão
O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse que os Estados Unidos não procuram um diálogo com o Irão, acrescentando que Teerão deverá dar o primeiro passo se quiser negociar com Washington. “Os ‘media fake news’ publicaram, como de costume, uma informação falsa, de que os Estados Unidos estão a tentar uma negociação com o Irão”, escreveu Trump na rede social Twitter, acrescentando que o Irão “ligará quando estiver pronto”. As relações entre Washington e Teerão sofreram um novo atrito há 10 dias, após o anúncio de um fortalecimento da presença militar dos EUA no Médio Oriente para lidar com as supostas "ameaças" do Irão. Trump disse na semana passada que, após esse reforço, "o Irão logo desejará discutir", acrescentando: "Eu gostaria que eles me ligassem". O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, rejeitou o pedido. As trocas de palavras tomaram um rumo mais violento durante o fim de semana, com o Presidente norte-americano a dizer: "Se o Irão quiser lutar, será o fim oficial do Irão, não haverá mais ameaças contra os Estados Unidos". Zarif respondeu no Twitter, dizendo que "os iranianos permaneceram [no seu território] por milénios enquanto todos os seus agressores foram embora”. “#Terrorismo económico e genocidas não terminarão com o Irão", acrescentou. Historicamente, as más relações entre o Irão e os Estados Unidos deterioraram-se significativamente desde que Trump decidiu, em maio de 2018, denunciar unilateralmente o acordo nuclear internacional alcançado em Viena, capital austríaca, em 2015.
Ler mais
Fonte: Jornal de Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...