Marine Le Pen defende em Praga uma "nova harmonia europeia"
A líder da extrema-direita francesa Marine Le Pen declarou hoje em Praga que os partidos nacionalistas vão propor aos 500 milhões de europeus “uma nova harmonia europeia” nas próximas eleições para o Parlamento Europeu. “O que vemos aqui, sob os nossos olhos, é o surgimento de uma nova harmonia europeia, os países nacionalistas que se unem para propor a 500 milhões de europeus um novo quadro de cooperação, um novo projeto e um novo impulso para o futuro”, disse Marine Le Pen aos jornalistas. “A imigração deve ser travada e a ideologia islamita deve ser erradicada”, insistiu, acusando a União Europeia de “financiar uma imigração em massa, organizada e desejada”. Os líderes de alguns importantes partidos europeus de extrema-direita marcaram encontro para hoje em Praga esperando obter um resultado sem precedentes nas eleições europeias de 23 a 26 de maio. Segundo contas baseadas na última projeção europeia, a aliança de partidos nacionalistas lançada há duas semanas pelo vice-primeiro-ministro italiano Matteo Salvini (líder do partido de extrema-direita Liga) pode vir a ter 80 eurodeputados e tornar-se a terceira força política no Parlamento Europeu.
Ler mais
Fonte: Jornal de Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like