Número de jornalistas mortos em retaliação pelo seu trabalho quase duplicou
A lista termina com Maria Ressa, jornalista filipina cujo ‘site’ (Rappler) foi processado por difamação pelo governo das Filipinas, após uma investigação sobre corrupção.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...