Milhares de venezuelanos abandonaram o seu país perante agravamento da crise
O Presidente venezuelano viajou entretanto até à Rússia, onde se encontrou com seu homólogo, Vladimir Putin. Caracas e Moscovo assinaram vários acordos de cooperação bilateral e já esta semana aviões militares russos chegaram à Venezuela para exercícios, motivando a preocupação da Organização de Estados Americanos (OEA), que exortou os países da região a constatarem se há violação de tratados internacionais.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...