Gangue venezuelano usava empresas de encomendas para traficar droga para a Europa e África
“Durante 2018 (desde Janeiro), foram realizadas 75 investigações a casos de encomendas enviadas através das empresas DHL e MRW, tendo sido confiscado 235,2 quilogramas de cocaína”, precisou.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like