Dois jovens irmãos lusodescendentes editam revista venezuelana para diplomatas
“Há muitos portugueses que não querem abandonar o país, e que lutam pelo desenvolvimento da Venezuela. Nós ficamos cá (não vamos embora), fizemos novos projectos, e acreditamos que as crises e as dificuldades são ferramentas para progredir e inovar”, concluiu.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like