Irmã do rei de Espanha absolvida no caso Nóos mas o marido foi condenado a seis anos e três meses de prisão
O marido de Cristina e cunhado do rei, Inaki Urdangarin, foi condenado a seis anos e três meses de prisão no caso que envolve negócios fraudulentos feitos pelo Instituto Nóos que fundou e dirigiu.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like