Primeiro-ministro condecora hoje Carlos do Carmo com a medalha de mérito cultural
“A militância que prossegue, que mobiliza novos compositores e poetas, que encoraja e acarinha novos intérpretes, que valoriza os instrumentistas, que conquista novos públicos. A militância que levou a UNESCO a reconhecer o fado como património imaterial da humanidade. É com este espírito que sonhou o Museu do Fado como uma verdadeira escola para o futuro, porque depois do tempo, tempo vem, e o fado também se há de continuar a renovar e para renovar é preciso aprender o que de velho se faz novo”, acrescenta o primeiro-ministro.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

2019-11-19 09:57:38
Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like