Gulbenkian expõe trabalhos de mulheres que protagonizaram a criação artística em Portugal
O percurso de artistas encerra com um trabalho de Ângela Ferreira (1958), que corresponde a uma série de desenhos, alguns deles produzidos no ano passado, e adquiridos pela Fundação Calouste Gulbenkian, nos quais a artista trata o tema dos diamantes na África do Sul.
Ler mais
Fonte: Diário de Notícias da Madeira

Mostrar mais notícias
Carregando...



Se ainda não gosta de nós no Facebook faça like